Sobre Nós

DA ENERGIA DA TERRA PARA O SABOR DA MESA

DA ENERGIA DA TERRA PARA O SABOR DA MESA

Do fruto na roça até o aroma inconfundível em sua xícara. O Meridiano te leva para conhecer os 10 passos do processo de produção do nosso delicioso café.

Café é natureza, arte e muita ciência. Uma fruta sagrada que passa por gerações, levando energia e mais sabor a nossa vida. Do preparo da terra, à escolha dos grãos, o sabor do café que chega até você está em todas as etapas de um longo processo de produção, num ciclo que merece ser valorizado e contemplado a cada xícara.

Para que seja servida uma bebida de qualidade, que atenda às exigências dos mais variados paladares, cada etapa exige cuidado, olhar apurado e muita experiência. Há mais de 40 anos no mercado, o Café Meridiano se orgulha de levar até sua xícara toda qualidade e sabor, para fazer da hora do café o melhor momento do seu dia.

Mergulhe com a gente nessa deliciosa jornada e conheça os 10 passos do processo de produção do café Meridiano:

Plantio

O café é uma fruta proveniente de duas espécies: coffea arábica e coffea canéfora (robusta). A planta arábica é geralmente cultivada em montanhas tropicais e o robusta, por outra lado, cresce mais próximo ao nível do mar.

Respeitado as características de desenvolvimento da planta por região, o fascinante é que cada origem agrega características sensoriais distintas de seu berço.

Colheita

Quando os grãos de café atingem uma coloração cereja – em algumas variedades amarela – é hora da colheita, que pode ser feita de forma manual ou mecanizada. Os frutos maduros garantem a maturação dos grãos e melhores características, em suma, é mais qualidade percebida.

Beneficiamento

Depois da colheita dá-se início a uma contagem regressiva para iniciar alguns processos que irão evitar que o café fermente e perca sua qualidade. Pode-se aqui separar os grãos verdes (indesejáveis) dos cerejas (maduros), retirar impurezas, grãos boias, bem como a casca e a polpa dos grãos. O fim dessa etapa deve ser sempre a secagem dos grãos para atingir a umidade necessária.

Rebeneficiamento

Antes de seguir o café pode ainda passar por um rebeneficiamento para classificá-lo por peneira (tamanho do grão) e por defeitos.

Prova

Para garantir toda qualidade do grão que se está adquirindo, são feitas torras de pequenos lotes para uma prova de sabor do café por degustadores profissionais que determinam as características como acidez, sabor e aroma, em um processo chamado cupping. O degustador executa diversos testes para avaliar a qualidade do produto e sua aplicação. Este especialista chega a provar dezenas de cafés por dia e ainda conseguir distinguir sutis diferenças entre eles.

Blend

O café pode ser uma verdadeira sinfonia, onde diferentes “sons” se harmonizam e se completam. Esse é o objetivo do blend, uma mistura que pode acontecer entre diferentes cafés para formar sabores e aromas que contribuem entre si.

Torra

O desenvolvimento de sabores e aromas do café são definidos pela torra, pois é a partir dela que vários compostos químicos determinantes dessas características são formados. Cada tipo de café e curva de torra vai evidenciar uma característica específica. Por isso é que esse processo é uma das fases mais difíceis e mais importantes para manter a qualidade da bebida.

Moagem

A moagem é importante para se obter o máximo de sabor em uma xícara de café. O estilo da moagem, mais grossa ou fina, depende do método pelo qual seu café vai ser preparado.

Embalagem

A beleza da embalagem está não somente em sua arte, mas também em sua funcionalidade de preservar as características de cada café. Quanto mais rápido empacotamos nossos cafés, mais preservados estarão em garantir seu frescor até o consumo, por isso o Meridiano investe em variedade e automação para não colocar em risco todo o esforço pela qualidade realizado até aqui.

Preparo

Ufa! Depois de uma longa jornada, chegamos na melhor parte. É hora de saborear! Existem vários métodos de preparo que resultam diferentes sabores e aromas. O melhor é sempre aquele que te desperta e gera satisfação particular. É por entender as individualidades é que o Meridiano apresenta sete sabores distintos de cafés para você encontrar e selecionar um para ser chamado de seu. Preste atenção. Explore seus sentidos da visão, tato, audição, olfato e paladar. Nenhum sentido age isoladamente. E você vai perceber um mundo cheio de energia e história por trás de sua xícara de café.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscrever-se

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.